Bolo de framboesas

Este foi o bolinho que preparei para acompanhar alguns lanchinhos desta semana para o marido e filhotas. E foi o snack que levámos ontem para a praia e foi aprovadíssimo! A textura e sabor são óptimos!

20170910_160324

Para medir a chávena podem usar um medido próprio (imagem exemplificativa aqui) ou em ml. Uma chávena equivale a 240 ml.

Forma de 20 cm de diâmetro:

1/2 chávena de amêndoa moída

1/2 chávena de fubá de mandioca OU farinha de aveia sem contaminação de glúten

1 colher de café de fermento em pó sem glúten

4 ovos

1 lima

100 g manteiga amolecida

60 g de tâmaras

framboesas q.b.

20170910_160205

  1. Começar por triturar as tâmaras com os ovos, por alguns segundos no robot (utilizei a kCook Multi com o acessório de picar).
  2. Preparar a raspa da lima – utilizei o ralador Borner.

20170910_115805

3. Preparar o sumo da lima – utilizei o espremedor Borner.

20170910_115955

4. Adicionar todos os ingredientes, excepto as framboesas e misturar por alguns segundos até ficar homogéneo.

5. Colocar a massa do bolo numa forma untada com manteiga ou azeite, e espalhar as framboesas.

20170910_120821

6. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC e cozinhar por 35 minutos ou até o palito sair seco.

Baseado numa receita de: EatDrinkPaleo

Parceiros nesta receita:BornerkCook Multi

 

Panna Cotta de maracujá com creme de framboesas [Primal]

Esta versão de Panna Cotta ficou fantástica, agradou a todos e já tive pedidos para repetir e as filhotas adoraram!

20170815_130906

Fiz uma adaptação da receita que fazia anteriormente e dei uns retoques seguindo a paleo – ficou fantástica!

20170815_130956

Para a Panna Cotta (6 doses):

250 g mascarpone (usei do Lidl)

125 g iogurte (usei natural biológico do Lidl)

3 folhas de gelatina*

100 g polpa de maracujá

20 g mel

  1. Para preparar a polpa do maracujá, retirei a polpa das cascas e escorri com ajuda dum coador. Passaram algumas sementes, mas não a maioria.
  2. Demolhar a gelatina em água.
  3. Colocar no robot, usei a kCook Multi da Kenwood a mascarpone, o iogurte e o mel e programar 6 min., 80ºC, vel. 6 com o acesssório misturador.
  4. Findo esse tempo, escorrer a gelatina e levar numa taça ao microondas por 5 segundos. Com a kcook em funcionamento na velocidade 6, adicionar a gelatina pela tampa e a polpa de maracujá. Misturar por 30 segundos.
  5. Verter em taças e levar ao frigorífico por 24h até solidificar.

Para o creme de framboesas:

150 g framboesas

Sumo meia laranja

25 g mel

50 g iogurte natural biológico (novamente do Lidl)

2 folhas de gelatina neutra

  1. Demolhar a gelatina em água.
  2. Na kCook Multi, colocar os restantes ingredientes e triturar na velocidade 10 até ficar em creme.
  3. Escorrer a gelatina e levar numa taça ao microondas por 5 segundos. Com a kcook em funcionamento na velocidade 6, adicionar a gelatina pela tampa e misturar por 30 segundos.  Verter sobre o creme anterior já solidificado e aguardar por algumas horas antes de servir.

Servir decorado com framboesa e chocolate 74% (adoro o bio do Aldi) ralado (usei o ralador Borner).

20170815_130946

*Notas:

  • a Panna Cotta ficou mais cremosa do que sólida, como podem ver na foto, os meus degustadores gostam assim. Para uma consistência mais firme, adicionar mais uma folha de gelatina à Panna Cotta.

20170815_131026

Espero que gostem!

Parceiros desta receita: Borner  e kCook Multi da Kenwood

Creme de framboesas e curcuma

Há algumas semanas tomei conhecimento destes produtos da Veganchee. Esta marca portuguesa apresenta alternativas vegan, sem aditivos, produzidas em Portugal de queijos e iogurtes.

20170808_142117

Os ingredientes destes produtos são naturais e biológicos e a combinação de sabores é excelente e equilibrada e são nutricionalmente interessantes!

20170808_142122

A primeira experiência foi este creme, simples e rápido que as pequenas devoraram! Confesso que as minhas pequenas me surpreendem a cada dia pelas alterações do seu paladar.

20170808_142739

O que precisam:

  • 1 banana
  • 1 lima
  • 2 colheres de sopa de alternativa vegetal ao iogurte com aveia, curcuma e pimenta preta
  • 250 g framboesas congeladas
  1. Começar por ralar a casca da lima com o ralador Borner para a taça do robot de cozinha. Utilizei a KCook Multi Kenwood.
  2. Com o espremedor da Borner, espremer o sumo de meia lima e adicionar.
  3. Colocar a banana descascada assim como os restantes ingredientes e com a lâmina de picar, triturar na velocidade 12 até ficar cremoso a gosto.

Servi com raspa de lima e uns flocos de aveia germinada simples da Iswari.

Nota:

  • com a banana congelada obteriam não um creme, mas um gelado.

Espero que gostem!

 

Parceiros nesta receita: VegancheeBorner , KCook Multi Kenwood  e Iswari.

 

 

 

 

Granola crunchy!

Em casa gostamos muito de granola, com um pouco de iogurte ou com fruta, é excelente! As granolas de compra têm frequentemente açúcar refinado, cereais e mais algumas coisas que prefiro evitar!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Além disso, a granola feita da De’Longhi Multifry fica excelente! Fica crocante, cozinhada por igual, perfeita! Experimentem 🙂

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Claro que se não tiverem a fritadeira, podem igualmente fazer o forno, nesse caso, basta esticar sobre uma folha de papel vegetal e colocar a 150ºC até que fique cozinhado a gosto, mexendo com um garfo de vez em quando.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

E para preparar? Super-simples!

200 g mistura frutos secos

150 g mistura de sementes

100 g coco ralado*

Raspa de 1 laranja

30 g mel de rosmaninho

1 colher de sopa de azeite ou óleo de coco

Fruta desidratada a gosto – Supermix Vitaminas Origens Bio

*Coco ralado ou o que fica no coador depois de preparar leite de coco, como preparo aqui

SAMSUNG CAMERA PICTURES

  1. Na kCook Multi triturei os frutos secos na vel. 10 por 10 segundos, ou até ficarem moídos a gosto.
  2. Preparei a raspa de laranja, para tal utilizei o ralador da Borner.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

3. Adicionei todos os ingredientes (excepto a fruta desidratada) na kCook Multi e programei vel. 2, 50ºC, 3 min.

4. Coloquei na Multifry e seleccionei o programa forno por 15 minutos, potência 2, programa forno. Se necessário, colocar mais alguns minutos no fim do programa

5. Adicionei a fruta e a filhota de 6 anos repetiu a dose ao lanche 🙂

Espero que gostem!

Parceiros nesta receita: De’Longhi MultifryOrigens BioBorner, kCook Multi da Kenwood.

 

Omelete com mozzarella e espinafres

Por vezes apetece algo mais rápido de preparar e ficamos sem ideias do que fazer e uma omelete faz uma refeição tão boa! Gosto de saltear uns legumes, queijo abundante e acompanhar com salada. Esta estava perfeita!

1 cenoura bio
1 punhado de espinagres
Meia cebola
Sal e pimenta q.b.
Azeite virgem extra
2 ovos caseiros de preferência
Sal e pimenta q.b.
Queijo Mozzarella Gran Tradizione da Galbani

1. A preparação é muito simples, primeiro salteei a cebola em azeite até ficar translúcida.
2. Adicionei a cenoura ralada e os espinafres, salteei até ficarem cozinhados.
3. Adicionei os ovos batidos, temperei com sal e pimenta e coloquei 3 rodelas de mozzarella. Deixei cozinhar em lume brando até ficar cozinhado desse lado, depois virei com cuidado e deixei terminar de cozinhar. 
4. Simples assim, depois acompanhei com uma salada de tomate. 
Tomate 
Sal e pimenta q.b.
Azeite virgem extra
Cortei o tomate utilizando a placa de lâminas grossas da mandolina Borner, depois temperei.
Servi tudo decorado com manjericão! Assim se come em Paleo 🙂 Espero que gostem! 

Tarte de maçã

Adoro tartes de maçã em jeito de bolo, e não me canso de procurar novas receitas para experimentar! Esta agradou-me muito, de sabor suave e bastante fofa e saudável, bem paleo, sem açúcar refinado e sem glúten!

120 g farinha de coco
180 g miolo de amêndoa sem pele
canela moída
baunilha
60 ml de óleo de coco Óleos Vida
120 ml mel de rosmaninho
3 ovos
1-2 maçãs
sumo 1 limão
mel para pincelar

1. Cortei as maçãs em fatias utilizando a placa de rodelas grossas da mandolina Borner. Regar com sumo de limão e reservar.

2. No Optimum Thermocook comecei por pulverizar a amêndoa e o coco, alguns segundos na velocidade 9.

3. Adicionei os restantes ingredientes e bati até incorporar, mais ou menos 20 segundos na velocidade 4.
4. Verti na taça previamente untada da multicooker da Redmond, coloquei a maçã, polvilhei com um pouco de canela e programei 30 minutos (para a próxima tento com 25 min.).

Pincelar com mel no momento de servir 🙂

Podem cozinhar numa forma no forno, aproximadamente 30 minutos em forno pré-aquecido a 180ºC.

Espero que gostem da sugestão de hoje 🙂

Acompanhem o instagram da Redmond aqui: Link

E o site, aqui, com promoções e ofertas frequentes: Link

Pizza com base de batata-doce

Um dia farei um post sobre o trigo. Para já apenas vos digo, que há bem poucos meses eu defendia que o glúten era uma proteína inofensiva para quem não era intolerante. Mal sabia eu! Leituras e mais leituras (o meu vício) mais tarde, em que relacionavam o glúten com a tiroidite de Hashimoto (minha companheira de horas vagas e não só), finalmente decidi fazer o teste. Os efeitos não se fizeram esperar, voltei a tentar introduzir por 2x e foi o suficiente para que ele saísse da minha vida! Eu que adorava massas e pão e os bolos! E como faço agora? Faço o mesmo! O bem que me sinto desde que o deixei de consumir não me deixa saudades nenhumas desses produtos! Se vos posso aconselhar, experimentem! 🙂

Já fiz várias massas de pizza Paleo, sem cereais. Esta base foi uma das que mais gostámos! Claro, não é bem uma pizza…mas é boa, e no fim, isso é que conta!

A mandolina Borner é uma ajuda preciosa. Sim, claro que também o faríamos à mão, é certo, mas poupa-se tempo, fica mais certinho e mais fino! Sou fã!

Batata-doce
Polpa de tomate
Queijo ralado
Espargos verdes
Cogumelos frescos
Orégãos secos
Sal marinho
Azeite q.b.

1. Começar por descascar a batata-doce e cortar depois com a placa de rodelas grossas. Dispôr no fundo de uma forma redonda (eu forrei com papel vegetal). Regar com azeite e levar ao forno a 225ºC até estarem cozidas mas não tostadas.

2. Dar uma escaldadela nos espargos. Escorrer e reservar.
3. Cortar os cogumelos com a placa de rodelas finas.

4. Colocar os ingredientes sobre as batatas, primeiro a polpa e depois os restantes ingredientes. Se necessário regar com azeite, temperar com sal marinho e polvilhar orégãos secos. Levar novamente ao forno até estar a gosto.

Espero que gostem!

Tarte de maçã americana com gelado

E agora se vos disser que tudo isto que está no prato é paleo? Ou seja, não tem cereais (trigo), nem açúcar refinado? E se vos disser que este gelado não tem uma grama de açúcar adicionado no entanto é dos melhores que já comi? E com apenas dois ingredientes!

Bem, verdade seja dita, o meu paladar mudou, o doce artificial refinado dos alimentos deixou de me despertar interesse, cada vez mais me sinto bem com comida que sabe a comida e não a processados! Seja como for, experimentem, é tão mas tão maravilhoso! Todos aqui em casa adoraram!

Para a tarte:

Massa:

1 chávena farinha de amêndoa
1/2 chávena farinha de côco
1/2 chávena polvilho doce
1 ovo
110 g manteiga

1. Colocar no robot (fiz no Optimum ThermoCook da Froothie) e programar vel. 4, 15 segundos.
2. Levar a massa enrolada em pelicula transparente ou num saco de congelação ao frigorífico por 12-24 horas antes de prosseguir.

Recheio:

4 maçãs
4 colheres de sopa de mel
2 colheres de sobremesa de canela
2 colheres de sopa de óleo de côco
2 colheres de sopa de farinha de côco

1. Cortar a maçã em fatias utilizando o cortador em lãminas grossas na mandolina da Borner.

 2. Colocar a maçã e os restantes ingredientes do recheio num tacho e levar ao lume alguns minutos até que o molho engrosse e fique reduzido. Deixar arrefecer uns minutos antes de prosseguir,

3. Esticar a massa e e forrar o fundo das formas (fiz tartelettes), rechear e cobrir com a maçã entrelaçada. Se necessário utilizar polvilho para enfarinhar a superfície.

4. Levar ao forno a 180ºC até estar cozido.

Para o gelado de banana:

2 bananas
3 colheres de sopa de iogurte grego

1. Congelar as bananas algumas horas antes.
2. Colocar no robot as bananas e o iogurte e programar na velocidade 9 durante 30 segundos. Baixar com a espátula, o que está nas paredes e voltar a repetir mais alguns segundos. Servir de imediato ou levar ao congelador.

É o que vos digo, comida que sabe a alimentos e deliciosa!

Espero que gostem!

Carpaccio de beterraba com cubos de queijo de ovelha

Hoje trago-vos uma receita com um produto Casa Lucena Portugal. Casa Lucena Portugal é uma empresa cuja frase de inspiração é “Uma sugestão de viagem pelas terras de Portugal condimentada pela arte exclusiva de produtos Gourmet”. Está tudo dito, não é verdade?

O produto que utilizei nesta receita foi o Queijo de ovelha em azeite, este queijo de fabrico artesanal com leite obtido de uma raça autóctone portuguesa, sabe maravilhosamente bem e o azeite, que foi utilizado para temperar este carpaccio é também ele riquíssimo em sabor! Adorei!

Para fazer o carpaccio utilizei a mandolina da Borner, uma ajuda rápida, preciosa que ajuda a encantar com o olhar!

Beterraba cozida
Laranja
Maionese de abacate (receita aqui)
Queijo de ovelha em Azeite Casa Lucena Portugal
Nozes
Salsa q.b.
Sal e pimenta q.b.

1. Preparar a beterraba utilizando a mandolina Borner equipada com a placa de rodelas finas.
2. Preparar a laranja, retirando o máximo possível da parte branca, cortar em fatias finas.
3. Colocar a beterraba, laranja, cubos de queijo e nozes no prato. Regar com um pouco do azeite do Queijo e sumo de laranja. Decorar com salsa e temperar com sal e pimenta a gosto.

É simples e rápido ser saudável!

[Borner] Salteado de curgete e cenoura

Hoje trago-vos esta sugestão para vos falar da nova parceria deste blog, a Borner, podem conhecer melhor os seus produtos  no seguinte link (caso não conheçam já, o que é de duvidar!).

Quando a minha carteira me entregou a encomenda, comentou comigo “Compraste também? Comprei uma o mês passado, é espectacular!” Com as boas marcas é assim 🙂

Adorei! Simples de usar e muito eficiente! Rapidamente se prepara o acompanhamento da refeição (bem mais simples do que preparar arroz).
Cenouras
Curgetes 
Óleo de côco ou azeite
Sal e pimenta moída q.b.
Tomilho seco Margão
Bastou cortar os legumes utilizando a Borner com a placa de rodelas finas. aquecer um pouco de óleo de côco, temperar com sal, pimenta, tomilho e saltear. Simples e delicioso!

Espero que gostem!